O que são larps?

Larps são jogos que unem representação de personagens e imersão em situações ficcionais. Durante um larp, você se transforma em outra pessoa e vive novas experiências. É como se tornar protagonista de uma cena de teatro ou cinema. A grande diferença é que tudo é feito na hora, de improviso e sem plateia: o larp não é uma arte para ser vista, mas para ser vivida.

Seis larps e uma provocação: uma estadia na antessala do inferno

Se o inferno são os outros, conforme disse Sartre, os jogos de Seis larps e uma provocação são um mergulho de cabeça no abismo. Seis jogos diferentes, ao longo de 12 horas, unidos pelo compartilhamento radical de memórias e sentimentos reprimidos.






15h
Café Amargo
Sua companheira da vida inteira senta-se à mesa com uma xícara de café e anuncia que está indo embora. Seu pai marca um encontro na cafeteria e confessa ter uma doença terminal. Sua filha serve o café pela primeira vez em meses, apenas para dizer que vai se mudar para o exterior.

Em Café Amargo, você convida uma pessoa muito querida para um café. E anuncia que está indo embora. Em seguida, os papéis se invertem. Tão amarga quanto a separação é a bebida que embala a despedida.



18h
O que você
vai ser quando
crescer?
Você se tornou aquilo que sonhava ser quando tinha 17 anos? Você se lembra dos seus planos de adolescência? Eles ainda estão aí, em algum lugar?

É hora de voltar no tempo. Você está na escola, fora do horário normal. Um castigo obriga a pensar sobre o futuro e discuti-lo com outros estudantes. Talvez vocês não se conheçam, mas sabem muito bem a diferença entre as promessas do passado e o deserto do presente.


 20h
Álcool
Você está diante da próxima dose. E ela traz lembranças. Enquanto decide se vira ou não o copo mais uma vez, memórias das experiências com a bebida vem e voltam. O histórico familiar. O carnaval. O vexame. A celebração. A culpa.

As outras pessoas dão vida às lembranças e representam aqueles que partilharam esses momentos com você. Talvez ajudem a resolver um problema. Ou mostrem que não há problema algum. Afinal, qual é sua relação com a bebida?



22h
Felizes Juntos
Isso já deve ter acontecido com você. A relação que deveria ser para sempre se tornou apenas uma caixa repleta de objetos e memórias num quarto vazio. Que histórias as coisas guardam?

É o afeto escondido na vida material que emerge em Felizes Juntos. A tristeza pode ser o final de uma equação repleta de momentos felizes: mais com mais resultando menos. Se você passou pelos outros jogos, esse é o momento de sorrir um pouco.



00h
Nostalgia
Sua memória na boca de outra pessoa. Tudo começa com uma história rabiscada num pedaço de papel. Ela já não pertence a você: será jogada na roda e recontada por todos. Está tudo bem, sua origem será preservada. Em troca, ela não será mais sua depois dessa experiência. Como presente, você ganhará novas memórias para brincar também.


02h
O Ano
da Tristeza
Você machucou as pessoas que importavam de verdade. Foi feio e traumático e a consequência é abandono e solidão. Junto dos outros, é hora de sofrer sozinho.

Fechando a noite, você contará suas histórias sombrias, deixando que os outros encarnem as pessoas queridas e narrem suas versões dos fatos. Não, não será bonito.


Sobre o autor
Luiz Prado cria e organiza larps desde 2012. Além de trabalhos individuais, atua junto aos grupos Boi Voador e Confraria das Ideias. É integrante do NpLarp - Núcleo de Pesquisa em Larp e um dos fundadores e organizadores do FERVO - Frente de Experimentação em Representação, Vivência e Ocupação. Paralelamente, desempenha atividades no jornalismo. Reside em São Paulo, SP.